A UM PASSO DO PARA√ćSO

A EEM Francisca Moreira de Souza parabeniza ūüéČ a aluna Camila da Silva Melo pelo bel√≠ssimo artigo de opini√£o sobre o lugar onde vive ūüĎŹūüŹľūüĎŹūüŹľūüĎŹūüŹľ

A UM PASSO DO PARA√ćSO


Beberibe √© um munic√≠pio da costa leste do estado do Cear√°. Nossa cidade usufrui de uma unidade de conserva√ß√£o sustent√°vel, denominada APA (√Ārea de Prote√ß√£o Ambiental) da Lagoa do Urua√ļ. Entretanto, apesar de ser um ref√ļgio biol√≥gico de grande valor ambiental, s√£o recorrentes in√ļmeras a√ß√Ķes que colocam em risco a sua preserva√ß√£o.
O maior entrave para uma eficiente conservação da APA é a especulação imobiliária; e a ocupação desordenada dessa área pode banir as riquezas naturais, pois os problemas decorrentes dessa prática podem ser prejudiciais à preservação ecológica da lagoa e de seu entorno.
Entre os maiores problemas enfrentados est√£o o desmatamento; as queimadas; a pesca predat√≥ria e o tr√°fego de ve√≠culos sobre as dunas. Por esses motivos, a √°rea vem sofrendo processos de degrada√ß√£o de esp√©cies nativas, perturba√ß√£o da fauna e da flora, al√©m do desequil√≠brio da din√Ęmica h√≠drica e sedimentar.
Contudo, a população da Barra da Sucatinga e outras adjacentes sobrevivem basicamente dos recursos naturais como a pesca e o desenvolvimento de atividades turísticas e de lazer.
Vale ressaltar que algumas atividades de fiscaliza√ß√£o ocorrem permanentemente na APA, como o monitoramento a√©reo semanal e as pesquisas sobre a qualidade da √°gua da lagoa. No entanto, a principal a√ß√£o n√£o est√° sendo realizada, que √© a conscientiza√ß√£o da popula√ß√£o e dos visitantes acerca da import√Ęncia da conserva√ß√£o e do uso consciente de seus recursos.
Portanto, √© necess√°ria a amplia√ß√£o do n√ļmero de placas educativas, al√©m da conserva√ß√£o das existentes, a fim de promover informa√ß√Ķes n√£o s√≥ aos turistas, mas tamb√©m aos pr√≥prios moradores sobre as proibi√ß√Ķes. Importante tamb√©m √© realizar parcerias com √≥rg√£os p√ļblicos e privados para a realiza√ß√£o de atividades educativas como palestras, aulas de campo entre outras.
Ademais, √© imprescind√≠vel a orienta√ß√£o para den√ļncias de agress√£o ao meio e a cria√ß√£o de um projeto de ocupa√ß√£o ordenada da √°rea. Desse modo, poderemos usufruir de maneira sustent√°vel de nosso para√≠so e estaremos a um passo de solucionar os problemas que afetam a nossa bel√≠ssima Lagoa do Urua√ļ.

0 coment√°rios :